1 de outubro de 2009

Email

Descobri que há tipos convencidos de que um email é algo parecido com uma carta que o destinatário só consegue ler depois de abrir o envelope.
Errado!
Se houvesse analogia, um email seria como um postal: pode sempre ser lido pelo carteiro!

Sem comentários: