14 de janeiro de 2013

Incentivo Fiscal à Exigência de Fatura


Vejo por aí muito alarve a gozar o pagode, no FB e por email, com a história do Incentivo Fiscal à Exigência de Fatura. Dizem que é uma palermice hipócrita porque para atingir a dedução máxima no IRS – 250€ - é preciso colecionar faturas que perfaçam 26 mil euros.Pois deviam fazer as contas de outra maneira: Por cada 20€ de IVA descontam 1€ no IRS !!!
Cambada de burros!


Esta medida é criticável, sim, mas por outra razão. Por apenas serem consideradas as despesas com reparações de automóveis, hotelaria e restauração e cabeleireiros. Só por isso.Num sistema fiscal evoluído, como o dos EUA, praticamente tudo é dedutível e já é há muitos anos. Toda a gente pede fatura e toda a gente passa fatura.


Há melhor forma de combater a economia paralela?

10 de janeiro de 2013

"Poderá levar?"

Poderá, não. É inevitável que leve.
Salários da Função Pública e pensões consomem a esmagadora maioria dos impostos arrecadados.
O pior é que eu sou funcionário público e serei, Deus o queira, pensionista.
Por isso, dói-me. Duplamente.
Mas lá por doer, não me provoca cegueira.