1 de novembro de 2010

Poupar no farelo


É certo que Lei é Lei.
É para cumprir e, sendo o caso, é para corrigir aquilo que não tiver sido devidamente cumprido.
Ora, sendo certo que é bem possível que nem todas as escolas tenham aplicado as regras de reposicionamento na carreira como agora se vem explicar - aqui e aqui - não será menos certo que muito poucos docentes terão sido "beneficiados" por uma eventual interpertração mais "generosa" das leis.
Para cada um destes professores, ao nível individual, poderá estar em causa muito dinheiro, mas, no contexto do País... estamos a falar de "peanuts". Farelo.
Não seria melhor o Governo preocupar-se com alguma farinha resultante de reposicionamentos salariais como estes ou estes?

Bem sei que estes são bons rapazes, malta amiga, mas, cum raio...

Sem comentários: