21 de fevereiro de 2011

E portanto... estamos tramados...


Sim, porque o que aqui diz, afinal, é que no fim de Janeiro a nossa dívida era maior que no início.

Ou seja, apesar dos cortes de vencimentos e dos aumentos de impostos, continuamos a gastar mais do que podemos!!!

O meu falecido cão teria feito melhor.

Sem comentários: