17 de abril de 2005

Fomos descobertos

Os jornalistas descobriram que faltamos às aulas e que o o nosso "patrão" não sabe.
Até os pais, através da sua confederação, já sabem e apelidam a situação de escandalosa.
Lá se vai o nosso bendito artigo 102º; aquele dá para faltarmos 2 dias em cada mês sem ter que "dar cavaco" a quem quer que seja. Valha-nos Deus.
Com este governo tão activo no combate ao corporativismo, estamos tramados. Vai acontecer-nos o mesmo que aos farmacêuticos e aos juízes. Como todos sabem, nestes dois casos, o primeiro-ministro actuou com uma invulgar celeridade, e já fez aprovar leis corajosas que defendem o interesse dos cidadãos. O nosso caso não escapará a esta lógica de eficácia governativa.

3 comentários:

Anónimo disse...

Se fosse só o 102.
Espero que concordes com todas as medidas que diminuam as faltas dos professores.
Por causa de uns pagam os outros.
mas não duvides....

É que é já .. já a seguir
Mocho - que só falta quando lhe tiram os alunos para visitas "pedagógicas"

BlueShell disse...

Tenho uma coisa para ti...sim...aqui!!!
Jinho, BShell

Marta disse...

O absentismo, na classe dos professores é uma autêntica vergonha!