30 de setembro de 2006

ADSE - SCUT

Como é que isto se compatibiliza com a lógica das SCUT?
Nas SCUT nem se pode falar de défice, já que não há receitas. É tudo despesa. E todos os portugueses as pagam, embora só alguns as utilizem.

Então, o que é que fez com que o primeiro-ministro mudasse de opinião?

28 de setembro de 2006

Quem não quer ser lobo...


Conforme aqui disse, esta coisa deixou-me chateado.

Pois agora ainda fiquei mais.

Chávez resolveu fazer campanha eleitoral utilizando fotos de encontros com amigos, sendo José Sócrates o único dos europeus.

Lá aparece, todo catita, a conversar com Chávez (seria sobre Bush?), e nem sequer falta a nossa Bandeira Nacional.

Péssimo! Antes com o Fidel!

Agora, de que lhe vale protestar?

Pôs-se a jeito...

27 de setembro de 2006

Pragmatismo


O Presidente Aníbal Cavaco Silva, na sua visita de estado a Espanha, dedicada à conquista de novos mercados para o nosso sector empresarial, não caiu na vulgaridade de oferecer ao Rei um presente protocolar tradicional - normalmente porcelanas, baixelas e filigranas.
Fazendo jus ao seu pragmatismo, optou por uma peça que coubesse no contexto da visita: um software "made in Portugal", para uma área de mercado em franco crescimento, dando visibilidade às nossas empresas tecnológicas que ainda não têm o gabarito desta.

Que diferença...

20 de setembro de 2006

Plano Nacional contra a Droga

Começaram por ser os guardas prisionais a contestar a instalação de sistemas de troca de seringas nas prisões portuguesas. Não foram ouvidos.
Agora são os próprios presos que querem impedir a troca de seringas.
Uns e outros dizem que a medida não vai resolver nada e que vai aumentar o risco de propagação de doenças contagiosas.

Claro que também estou preocupado com o risco de contágio, mas estou muito mais preocupado com a aceitação expressa - institucionalização da troca de seringas - da circulação e consumo de droga nas prisões.
Percebo que o PS tenha que aderir a estas "causas fracturantes" para seduzir as franjas minoritárias com algum folclore "de esquerda". Compreende-se.
Mas, minoria por minoria, acho que é tempo de exigir a criação de um corredor nas autoestradas para os que não querem cumprir os limites de velocidade estabelecidos na Lei.

19 de setembro de 2006

ACAB

Decorreu neste fim-de-semana o já tradicional passeio do Grupo de Cantares da ACAB. Destino: Valladolid, capital de Castilla y León.
Eu não canto (tenho uma boa voz para escrever no teclado) mas tenho todo o gosto (e honra) em os acompanhar. Dois dias num ambiente grupal, sem outra intenção que não a da descontraída confraternização. Ainda por cima com uma organização que vai ao mais ínfimo pormenor!
Enquanto espero pelo do próximo ano, vou aqui deixar uns apontamentos.

(Praça José Zorrilla - Valladolid)

16 de setembro de 2006

Religião de paz e amor

Numa intervenção na Universidade de Regensburg, onde no passado leccionou, o Papa explorou as diferenças históricas e filosóficas entre o Islão e o Cristianismo e a relação entre violência e fé. A certa altura, citou um imperador bizantino do século XIV (Manuel II Paleólogo), segundo o qual Maomé trouxe ao mundo coisas "más e desumanas, como o direito a defender pela espada a fé que ele persegue".

Ora esta citação provocou uma onda de indignação no mundo islâmico.
Porquê?
Só vejo duas hipóteses:

1 - Porque os muçulmanos são gente pacífica e nem sequer admitem que alguém cite o tal imperador que os julgava partidários da guerra santa;
2 - Porque os muçulmanos concordam com a Jihad (Guerra Santa) e o Papa ofendeu-os ao não concordar.

Nós, cristãos ocidentais, também já fizémos as nossas Jiahds, mas acabámos com isso há mais de quinhentos anos. E em cinco séculos é suposto evoluir-se...

14 de setembro de 2006

Prós & Contras

Dei comigo a gostar de ler este post de Francisco José Viegas no "A Origem das Espécies". Longo mas estimulante.
Se tiver a curiosidade de lá ir, aproveite para ler o que diz sobre o fabuloso intelectual islâmico.

12 de setembro de 2006

11 de Setembro

Toda a gente recorda o 11 de Setembro de 2001 e o atentado contra a cultura ocidental simbolizada no World Trade Center.
Pois também foi a 11 de Setembro, mas de 1985, que se deu o maior acidente ferroviário no nosso país. Foi aqui bem perto, junto a Moimenta de Maceira Dão.
Se tivesse sido na América, por certo já se teriam feito filmes e documentários cheios de insinuações e perguntas pueris, com o objectivo de levar a crer que tudo teria sido congeminado por alguém. Pelo governo… pelos donos das linhas… pelos donos dos comboios… sei lá, por alguém com intenções muito obscuras e sem qualquer escrúpulo.
O que sei é quem não congeminou coisa nenhuma: os passageiros! Esses sofreram e morreram nesse dia. E foram mais de oitenta.

(Memorial erigido no local do acidente)

10 de setembro de 2006

Correu bem...


... este dia de desporto (de sofá):


Sharapova ganhou o título
e
o Sporting ganhou na Madeira.


Do resto... nem falo.

9 de setembro de 2006

Sharapova

Já está na final do US Open. Ganhou àquela tal francesa barbuda.

Já ontem o Federer trincava a banana. Deve ser coisa de tenistas. Não sei. Mas deve aparecer aqui um reputado desportista (ciclista) que, certamente, não deixará de explicar.

8 de setembro de 2006

8 de Setembro

Feriado Municipal na minha terra. Dia de Nossa Senhora do Castelo.

É tudo falso, está claro!

PÚBLICO - 08.09.2006 - 00h31

Luís Filipe Vieira apanhado nas escutas a escolher árbitro

Escutas telefónicas incluídas no processo principal do Apito Dourado revelam negociações entre Valentim Loureiro e Luís Filipe Vieira para a escolha do árbitro que iria dirigir a semifinal da Taça de Portugal da época de 2003/2004, entre o Benfica e Belenenses. Vieira dá conta a Valentim do seu desagrado pelo facto de o árbitro que tinha sido indicado para o jogo ter sido substituído. Valentim propõe-lhe nomes alternativos. Por quatro vezes, Vieira recusou, usando argumentos como “não me dá garantias” ou “isso é tudo Porto”. À quinta sugestão, finalmente acedeu. O árbitro que acabou por ser nomeado, João Ferreira, dirige amanhã a estreia do Benfica na Liga, num jogo com o Boavista.

Não me lembro do resultado. Alguém sabe?

(Actualização)
Afinal não é falso. LFV confirmou a conversa, dizendo que não pretendeu influenciar ninguém.
Eu também acho que não se tratou de influenciar. Antes foi um simples acto de escolha de um produto que lhe dava garantias. Um "processo absolutamente normal"!

7 de setembro de 2006

Isto cansa

Estou a ver no Eurosport o match desta Maria com uma outra nãoseioquê, e acho que estou mais cansado que ela. Meu Deus...

4 de setembro de 2006

Esqueci-me...


... de dizer que, para ir à Festa do Avante, tinha de ser num carro a condizer: VERMELHO.

Por isso, fui nesta prenda de anos. Sim, é verdade. Não estou a brincar.

Só foi pena não ser "a minha prenda" de anos. Mas não faz mal. Não tenho inveja de ninguém.

E é tão... agradável... levar aquele ponteirito da esquerda até à vertical...

Desculpem a interrupção...

... mas fui à Festa do Avante.

Promessa em dívida... estão a ver... e havia muitas atracções...
Mas atrasei-me. Quando lá cheguei já o L F Vieira tinha vindo embora!